Natal, Rio Grande do Norte, 20 de Junho de 2024

PM prende suspeitos de tráfico de drogas em Nísia Floresta

Além das drogas e do dinheiro, foram encontrados celulares e outros objetos de procedência duvidosa

Redação   24/05/2024 às 07h39  

Na tarde desta quinta-feira (23), no Alto do Monte Hermínio, município de Nísia Floresta, após recebimento de denúncias de comercialização de drogas, policiais militares do 3º BPM realizaram incursão e se depararam com os suspeitos.

Ao realizar abordagem, encontraram com eles maconha e considerável quantidade de dinheiro fracionado com 02 dos suspeitos.

Além das drogas e do dinheiro, foram encontrados celulares e outros objetos de procedência duvidosa, possivelmente provenientes de furtos na região.

Um dos suspeitos no local confessou que estava lá para comprar drogas para seu consumo.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Nísia Floresta para os procedimentos cabíveis.

Comentar

STTU vai fazer bafômetro em motoristas envolvidos em acidentes de trânsito

Medida foi anunciada nesta quinta-feira (23)

Redação   23/05/2024 às 16h15   -  Atualizada em 23/05/2024 às 16h19

Foto: STTU

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal vai começar a realizar teste do bafômetro em pessoas envolvidas com sinistros de trânsito com vítimas. A informação foi anunciada nesta quinta-feira (23) pelo inspetor chefe da STTU, Carlos Eugênio.

De acordo com a STTU, o órgão conseguiu o empréstimo de seis etilômetros com a Polícia Rodoviária Federal e o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual para operar durante as colisões e fazer o bafômetro aos condutores que apresentarem sintomas de embriaguez.

Os etilômetros são dispositivos utilizados para medir a concentração de álcool no ar expirado por uma pessoa. Eles desempenham um papel fundamental na prevenção de sinistro de trânsito assim como são importantes para comprovar que o condutor envolvido em acidente está sob o efeito do álcool.

Ainda segundo a STTU, após as ocorrências serem examinadas, os resultados dos exames ficarão disponíveis para serem anexados a um futuro inquérito policial, se necessário.

CAPACITAÇÃO

Nesta quinta-feira (23), os inspetores e agentes de mobilidade da STTU participaram de curso sobre o uso do etilômetro bem e as formas corretas de abordagens dos condutores de veículos, com vista ao respectivo teste em caso de suspeita de ingestão de bebidas alcoólicas.

O curso, que teve como instrutor o coordenador da Operação Lei Seca no Rio Grande do Norte, Major César Fagundes, além de ensinar o manuseio do bafômetro, também destacou como os inspetores e agentes da STTU devem agir nas diversas situações, inclusive para lidar com condutores que se negam a fazer o teste de alcoolemia, alegando que não são obrigados a criar provas contrárias a eles mesmos.

Comentar

"Operação Continuum" desarticula empresa que causou R$ 4 milhões de prejuízo ao RN

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e a dois mandados de prisão nas cidades de Natal e João Pessoa

Redação   23/05/2024 às 12h32  

Nesta quinta-feira (23), a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio do Departamento de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (DECCOR-LD), deflagrou a "Operação Continuum", que resultou no cumprimento de seis mandados de busca e apreensão e a dois mandados de prisão nas cidades de Natal/RN e João Pessoa/PB. A ação teve como objetivo desarticular uma empresa de comércio de roupas que praticava crimes de sonegação fiscal, apropriação indébita de tributos, além de outros delitos contra a Ordem Tributária. O prejuízo foi contabilizado em cerca de R$ 4 milhões e dois empresários foram presos.

Segundo as investigações, os policiais civis da DECCOR LD receberam denúncias da empresa era situada em Natal e João Pessoa.No decorrer do inquérito, ficou constatado que, além dos crimes investigados, diversos documentos foram falsificados visando a abertura de empresas para continuar a comercialização da marca na cidade.

Assim, ao longo de 14 anos de operação da empresa, em Natal, ao menos 20 pessoas tiveram seus dados falsificados e utilizados de forma indevida pelos investigados.

Durante as diligências, foram apreendidos celulares, dois veículos, munições, dinheiro em espécie (dólares), joias e demais objetos que serão periciados. Também foi determinado judicialmente o bloqueio de bens e valores dos investigados.

Nesta ocasião, a operação contou com o apoio do Instituto Técnico-Científico de Perícia - ITEP/RN, através do Núcleo Contábil, que realizou a extração de dados no local dos alvos, e da Policia Civil da PB.

O nome "continuum" deriva do latim e significa continuidade, em alusão aos 14 anos de funcionamento da marca sob a gestão dos suspeitos.

Comentar

Polícia Civil deflagra operação para desarticular grupo de extermínio em Mossoró

Durante a ação, a Polícia Civil deu cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão

Redação   23/05/2024 às 10h41   -  Atualizada em 23/05/2024 às 23h55

Policiais civis da 10ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Mossoró (DHPP/Mossoró) deflagraram, nas primeiras horas desta quinta-feira (23), a "Operação Vigilare", que investiga a atuação de um grupo de extermínio no município de Mossoró e região.

Durante a ação, a Polícia Civil deu cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão em residências localizadas na zona rural de Mossoró. As investigações da 10ª DHPP revelaram a atuação de uma milícia armada em homicídios ocorridos na cidade. Nos endereços, foram apreendidos aparelhos celulares, capas e coletes balísticos, roupas camufladas, mochilas camufladas, facas, sirenes, balaclavas, caixa de armas e entre outros objetos.

Policiais civis da 15ª DHPP, da 16ª DHPP, da Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE) e da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró (DEFUR/Mossoró) também participaram das diligências.

O nome da operação é uma referência à origem da palavra vigilância, do latim “vigilare”, significando “tomar conta, estar acordado”.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

DesFarsa: Operação do MP investiga Central de Fake News no RN

As postagens de conteúdos falsos eram feitas em pelo menos seis perfis de redes sociais

Redação   23/05/2024 às 09h07  

Foto: MPRN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), com o apoio do Gaeco do MPSC e da Policia Militar, deflagrou nesta quinta-feira (23) a Operação DesFarsa, que investiga a existência de uma Central de Fake News que opera com a intenção de criar, disseminar ou promover notícias falsas sobre autoridades do Estado, com fins políticos e manipulação da opinião pública.

As investigações do MPRN revelaram um esquema voltado à contratação dos serviços de postagens em perfis em redes sociais voltadas a beneficiar interesses políticos.

As postagens de conteúdos falsos eram feitas em pelo menos seis perfis de redes sociais, uma delas contando atualmente com mais de 20 mil seguidores, que se diziam oferecer conteúdo político sobre cidades do interior do Rio Grande do Norte.

As informações são criadas conforme o interesse dos clientes para influenciar e formar a opinião pública, bem como propósito de coagir servidores públicos em suas atribuições funcionais e enfraquecer o prestígio de instituições públicas.

Nos chats de conversas, as declarações dos idealizadores deixam claro que os responsáveis pela Central de Fake News têm consciência da natureza ilegal de suas ações, demonstrando a elaboração de estratégias para obstar sua identificação pelos investigantes.

As condutas analisadas se amoldam aos crimes de calúnia, difamação, ameaça contra servidor público e coação no curso do processo, além da prática dos delitos de associação criminosa do tipo milícia digital, com vistas à manipulação da opinião pública.

A Operação DesFarsa cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Lagoa Salgada (RN), além de Garuva em Santa Catarina, e contou com o apoio da Polícia Militar e do Gaeco catarinense.

Foram decretadas medidas cautelares pessoais e relacionadas à cessação da atividade de desinformação.

Os materiais apreendidos serão analisados pelo Gaeco a fim de dar continuidade às investigações.

Quatro promotores de Justiça, 14 servidores do Gaeco/GSI e 20 policiais militares do RN, além de cinco integrantes do Gaeco/SC estiveram envolvidos na operação.

Comentar

Polícia Federal prende em Pipa foragido da Justiça do Maranhão

A ação ocorreu graças às trocas de informações realizadas entre os Grupos de Capturas da PF nos dois estados

Redação   23/05/2024 às 08h47  

Foto: PF

Um trabalho investigativo integrado entre a Polícia Federal no Rio Grande do Norte e no Maranhão, ocorrido na tarde da última terça-feira, 21/5, na Praia de Pipa, município de Tibau do Sul, no Litoral Sul Potiguar, resultou na prisão de um homem de 32 anos, foragido da Justiça, que era procurado por crime de homicídio cometido no ano de 2012. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de São Luís, Maranhão.

A ação ocorreu graças às trocas de informações realizadas entre os Grupos de Capturas da PF nos dois estados, sendo o suspeito localizado naquela comunidade praiana no decorrer das investigações feitas pelos policiais federais no RN.

Durante os 12 anos em que esteve foragido, o indivíduo chegou a se esconder nos estados do Pará e Bahia, antes de estabelecer residência na praia de Barra de Cunhaú, município de Canguaretama/RN. No entanto, com o aprofundamento das investigações, as diligências revelaram que ele estava empregado em um restaurante em Pipa, levando à sua detenção naquele local.

Submetido a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o preso encontra-se sob custódia na sede da PF, à disposição da Justiça.

Comentar

Lei Seca prende idoso dirigindo embriagado durante blitz na Zona Sul de Natal

Um homem ainda foi detido após entregar a condução de veículo automotor ao filho, adolescente de 16 anos

Redação   23/05/2024 às 08h14   -  Atualizada em 23/05/2024 às 12h56

Foto: PMRN

O Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), por meio da Seção Lei Seca, realizou, na noite desta quarta-feira (22), a prisão de um idoso de 74 anos por dirigir em estado de embriaguez.

O fato foi registrado durante fiscalização em Cidade Satélite, oportunidade em que ao ser submetido ao teste de alcoolemia foi apontado valor de 0.49mg/l, configurando crime de embriaguez ao volante.

Um homem ainda foi detido após entregar a condução de veículo automotor ao filho, adolescente de 16 anos. Ele foi autuado com base no artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro.

Comentar

Polícia Civil prende homem investigado por crime de homicídio durante festa de carnaval em Vera Cruz

Ele vai responder pelo crime de homicídio qualificado por traição, emboscada e motivo fútil

Redação   23/05/2024 às 06h00  

Foto: PCRN

Policiais civis da 27ª Delegacia de Polícia de Monte Alegre (27ª DP) deram cumprimento, nesta quarta-feira (22), a um mandado de prisão em desfavor de um homem, de 29 anos, investigado pelo crime de homicídio qualificado por traição, emboscada e motivo fútil. O crime ocorreu durante a festa de carnaval do município de Vera Cruz/RN.

Segundo as investigações, ficou comprovado que o homicídio aconteceu devido a um desentendimento entre os envolvidos durante a festa carnavalesca. Na madrugada do dia 14 de fevereiro de 2024, Adailson Antônio da Silva, de 30 anos, foi atacado pelas costas pelo suspeito, que utilizou uma arma de fogo e disparou várias vezes contra a vítima.

Testemunhas e análises das câmeras de segurança do local do crime permitiram a identificação do autor. Além disso, as roupas usadas no momento do homicídio foram apreendidas, confirmando sua participação.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

*Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (SECOMS)*

Comentar

"Operação Bôer Seridó" apreende veículos adulterados e prende dois homens no interior do RN

Dois homens envolvidos com os crimes foram presos

Redação   22/05/2024 às 18h08   -  Atualizada em 22/05/2024 às 18h11

Foto: PCRN

Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Caicó (3ª DR), em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PMRN) deflagraram, na tarde de terça-feira (22), a operação "Bôer" Seridó, na cidade de Parelhas, interior do RN. A ação teve como intuito combater crimes de adulteração de veículos, receptação, uso de documento falso e posse ilegal de arma de fogo.

Segundo as investigações, dois homens envolvidos com os crimes foram presos. Um, inclusive, era fugitivo do sistema prisional de Pernambuco e possuía um mandado de prisão por homicídio. Durante as abordagens, um dos suspeitos tentou se passar por outra pessoa com um documento falso, mas foi rapidamente identificado pelas autoridades.

O sucesso da operação resultou na apreensão de 13 veículos, incluindo um Jeep Renegade, além de 10 aparelhos celulares, 20 munições e outros objetos ilícitos.

Essa ação conjunta foi possível graças à cooperação entre diversas instituições, incluindo a Polícia Rodoviária Federal, Delegacia Especializada de Furtos e Roubos em Caicó (DEFUR), as Delegacias Municipais de Jardim de Piranhas, Caicó e Parelhas, a 3ª Companhia Independente de Policiamento Rodoviário, os Batalhões da Polícia Militar (6ª/13ºBPM) e a Companhia Independente de Polícia Militar (5ª /11ªCIPM).

A Polícia Civil enfatiza a importância da colaboração da população, incentivando o envio de informações anônimas por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

Polícia Civil do RN prende integrante de grupo de extermínio em Natal

As investigações continuam no intuito de identificar mais integrantes

Redação   22/05/2024 às 13h01   -  Atualizada em 22/05/2024 às 13h04

Foto: PCRN

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deflagraram, nesta quarta-feira (22), a segunda fase da "Operação Hydra", que investiga suspeitos e as atividades de um grupo de extermínio apontado por diversos assassinatos na Zona Norte de Natal e Grande Natal. A operação resultou na prisão de Mychael Lucas da Silva Santos, de 21 anos, no município de Extremoz, na Grande Natal.

Durante a primeira fase da operação, ocorrida no dia 1º de abril de 2024, a Polícia Civil deu cumprimento a mandados de busca e apreensão e a quatro mandados de prisão contra integrantes de um grupo de extermínio, que é investigado por assassinatos ocorridos na capital e na Grande Natal. Na oportunidade, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo apreendidos objetos e bens de interesse dos investigados. Foram presos Thiago Max Gomes da Silva, vulgo "Talibã" ou "Thiago Gabiru", de 36 anos; Lucas Gabriel Costa de Assis, vulgo "DJ. Lucas", de 23 anos; e Mikallyson Kawan Oliveira Santos, de 21 anos. Um outro suspeito, Mychael Lucas da Silva Santos, de 21 anos, não foi localizado na ocasião.

Segundo investigações realizadas pela 7ª Delegacia da DHPP, os suspeitos, considerados de extrema periculosidade, teriam executado com vários disparos de armas de fogo Hudson Rodrigues do Nascimento, fato ocorrido na rua Vereador Sérgio Dieb, s/nº, no bairro de Lagoa Azul, no loteamento Nordelândia, Zona Norte de Natal.

No dia 31 de março, Lucas Gabriel Costa de Assis, investigado pela morte de Arthur Gabriel Rodrigues de Carvalho, de 21 anos, ocorrido no dia 19 de novembro de 2022, na avenida Itapetinga, no bairro Potengi, Zona Norte de Natal, foi preso no âmbito da "Operação Judas". Thiago Max e Mychael Lucas também são suspeitos de participação no crime.

As investigações continuam no intuito de identificar mais integrantes e, assim, desarticular a organização criminosa responsável por vários delitos de homicídio de maneira a dar uma resposta efetiva à sociedade potiguar.

O nome da operação é inspirado na lenda da mitologia grega Hidra de Lerna, que era um monstro que habitava um pântano junto ao lago de Lerna, na Argólida, hoje o que equivaleria à costa leste da região do Peloponeso. A Hidra tinha corpo de dragão e várias cabeças de serpente. Segundo a lenda, as cabeças da Hidra podiam se regenerar e, quando se cortava uma cabeça, cresciam duas em seu lugar.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

Operação Caminhos Seguros é encerrada no RN com 12 prisões e 8 adolescentes resgatadas em situação de exploração sexual

Ação foi realizada em todo o território nacional ao longo das três primeiras semanas de maio

Redação   22/05/2024 às 12h45  

Foto: PCRN

Oito adolescentes em situação de exploração sexual foram resgatadas e doze pessoas presas durante a operação Caminhos Seguros no Rio Grande do Norte. O resultado final foi apresentado na manhã desta quarta-feira (22) pela Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED). As prisões aconteceram em Natal, Parnamirim e Tibau do Sul. Um dos mandados foi cumprido por policiais civis da DP de Canguaretama na cidade de Mataraca, na Paraíba.

A operação Caminhos Seguros foi realizada em todo o território nacional ao longo das três primeiras semanas de maio, sendo coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, com apoio das secretarias de Segurança Pública de cada estado. O objetivo foi intensificar o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes através de ações repressivas e preventivas.

Ao todo, 181 agentes de segurança participaram da operação, que contou com efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Técnico-Científico de Perícia e apoio da Polícia Rodoviária Federal.

As equipes realizaram 246 diligências e 147 fiscalizações em locais suspeitos de atuarem direta ou indiretamente com a exploração sexual. Também foram realizadas palestras e ações educativas de conscientização e prevenção. Pelo menos 15 vítimas foram atendidas e 25 Boletins de Ocorrência (BOs) registrados.

Um dos destaques da operação foi um flagrante ocorrido no dia 10, em Natal. A ocorrência terminou com uma mulher presa pelos crimes de submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual infantil. Duas adolescentes foram resgatadas.

*Números*

* Prisões: 12

* Adolescentes resgatadas: 8

* Agentes empregados: 181

* Diligências: 246

* Locais fiscalizados: 147

* Vítimas atendidas: 15

* BOs registrados: 25

Comentar

Polícia Civil prende dois homens por homicídios e tráfico de drogas na Grande Natal

Um dos presos possui uma pena imposta de aproximadamente 60 anos de reclusão

Redação   22/05/2024 às 12h39  

Foto: PCRN

Policiais civis da Delegacia Especializada de Capturas e Polícia Interestadual (DECAP/POLINTER) deflagraram, nesta quarta-feira (22), a "Operação Retorno I", que resultou no cumprimento de dois mandados de prisão em Parnamirim e Extremoz. A primeira prisão aconteceu no bairro Vale do Sol, em Parnamirim, foi de um homem, de 52 anos, foragido por três homicídios, tráfico de drogas e roubo. Já o segundo preso, de 46 anos, foi localizado no bairro Carão, na cidade de Extremoz/RN, e era procurado por por tráfico de drogas.

Um dos presos possui uma pena imposta de aproximadamente 60 anos de reclusão. Após diligências que permitiram a identificação e localização dos suspeitos, os policiais procederam com suas prisões. Os homens foram conduzidos ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

Quatro criminosos morrem em troca de tiros com o BPChoque em Nova Parnamirim

Um foragido foi preso, armas e drogas apreendidas

Redação   22/05/2024 às 10h03  

Foto: PMRN

Nessa terça-feira (21), a Polícia Militar através do BPChoque, apreendeu armas de fogo, drogas e capturou um foragido da Justiça, em Nova Parnamirim. Na ocasião, houve confronto e quatro criminosos morreram.

A equipe estava em patrulhamento na área conhecida como Portelinha quando realizou incursão nas vielas e foi recebida com disparos de arma de fogo realizado por infratores. Os Policiais revidaram a injusta agressão dando início a um confronto onde os suspeitos foram alvejados e conduzidos ao Hospital para atendimento.

Na ocorrência, um foragido da Justiça foi capturado, bem como foram apteendidas as armas utilizadas pelos acusados e certa quantidade de drogas. Todo material foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, para adoção das medidas cabíveis.

Comentar

"Operação Check-Out" prende golpista em Mossoró

Suspeito é acusado de realizar diversas fraudes, incluindo furto mediante fraude e estelionato

Redação   22/05/2024 às 06h00  

Foto: PCRN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró (DEFUR/Mossoró) deflagraram, nesta terça-feira (21), a "Operação Check-Out", que resultou na prisão de um homem, de 35 anos, investigado por golpes aplicados nos estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Rio de Janeiro, Bahia e Paraíba. A prisão aconteceu no município de Mossoró, região do Oeste potiguar.

O cumprimento do mandado de prisão foi realizado no âmbito da "Operação Check-Out", que visa combater crimes de furto mediante fraude. O suspeito é acusado de realizar diversas fraudes, incluindo furto mediante fraude e estelionato. Em Mossoró, ele se destacava por alugar imóveis em plataformas de hospedagem temporária, como o Airbnb, pagando apenas uma diária. Posteriormente, ele furtava todos os objetos do interior do imóvel, incluindo televisores, geladeiras, eletrodomésticos variados, louças e outros itens de valor. A ação da Polícia Civil foi coordenada pela DEFUR, que conseguiu localizar e prender o investigado.

A Polícia Civil pede que qualquer pessoa que tenha sido vítima de crimes semelhantes entre em contato com a delegacia para registrar ocorrência e contribuir com as investigações, além de prestar denúncias no Disque 181.

Comentar

Fugitivos do Complexo Penitenciário de Alcaçuz são recapturados

Dupla foi localizada na Comunidade do Japão, em Natal

Redação   21/05/2024 às 21h27   -  Atualizada em 21/05/2024 às 21h27

Foto: PCRN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, através da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Natal (DEFUR/NATAL), capturou na noite desta terça-feira (21), os dois foragidos da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta. A prisão ocorreu na Comunidade do Japão, no bairro Quintas, Zona Oeste de Natal.

Na oportunidade, a Polícia Civil localizou Gustavo da Rocha Dias, 29 anos, e Ricardo Campelo da Silva, de 43 anos, ambos condenados pela Justiça. Duas armas de fogo foram apreendidas em posse da dupla, além de munições e celulares. Uma mulher, de 25 anos, também foi presa por furto.

A dupla escapou da unidade prisional no dia 30 de abril de 2024. Desde então, as forças de Segurança Pública realizaram buscas para recapturá-los após 21 dias. Os foragidos foram localizados na Comunidade do Japão, após investigações que apontaram o local como possível esconderijo e uma ligação com suspeitos envolvidos em outros crimes.

Os foragidos foram autuados pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e encaminhados ao sistema prisional.

Comentar

Bombeiros do RN buscam por pessoas desaparecidas em Lajeado/RS

A equipe de 11 militares se dividiu e estão em Pelotas e Lajeado

Redação   21/05/2024 às 18h21  

Foto: CBM

Militares do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte continuam o trabalho no Rio Grande do Sul onde estão reforçando o trabalho na busca por pessoas desaparecidas e no monitoramento das áreas mais críticas do Estado.

A equipe de 11 militares se dividiu e estão em Pelotas e Lajeado. O grupamento de busca com cães, estão em Lajeado buscando pessoas que ainda se encontram desaparecidas, podendo estar embaixo da lama que tomou conta de vários pontos.

Já a equipe de salvamento segue na cidade de Pelotas, onde o nível da água voltou a subir, preocupando os moradores que já se preparavam para retornar. Segundo o tenente, Christian Bari, há possibilidades de rompimentos de barragens e ainda tem animais e pessoas ilhadas. "Somando as embarcações de toda força de segurança na cidade, temos mais de 25 embarcações, além de dezenas de bombeiros de prontidão diariamente. Só sairemos quando todos estiverem em segurança", disse.

*Dados*

Segundo a Defesa Civil do Estado, são 463 municípios afetados, 76.955 pessoas morando em abrigos, 806 feridos, 88 pessoas desaparecidas e 157 óbitos confirmados.

Comentar

Presos tentam fugir da Penitenciária Rogério Coutinho Madruga

Danos estruturais foram detectados na manhã desta terça-feira (21)

Redação   21/05/2024 às 13h30  

O efetivo de plantão da Penitenciária Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, detectou no início da manhã desta terça-feira (21), danos estruturais em uma cela do Pavilhão 2 e atos preparatórios para uma fuga.

A ocorrência foi identificada com ajuda das câmeras de monitoramento e rápida ação dos policiais penais da unidade e do Grupo de Operações Especiais (GOE), presente em patrulhamento no complexo prisional.

Comentar

PRF apreende três quilos de Skunk e recupera motocicleta na Grande Natal

A droga conhecida como supermaconha foi despachada em Fortaleza/CE e tinha como destino Natal

Redação   21/05/2024 às 11h55  

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, nesta segunda-feira (20), em Natal, três quilos de Skunk e recuperou, em Parnamirim, uma motocicleta.

No período da manhã, na rodoviária de Natal/RN, policiais rodoviários federais apreenderam cerca de três quilos de Skunk que estavam no depósito de uma empresa de transportes. A droga, conhecida como supermaconha, foi despachada como encomenda na cidade de Fortaleza/CE com destino a Natal/RN, e já estava sendo monitorada pela PRF. A ocorrência foi encaminhada à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Natal.

Durante a noite, no km 109 da BR-101, em Parnamirim, uma equipe PRF recuperou uma motocicleta sem placa e que apresentava adulteração nos sinais identificadores. O condutor, um homem de 21 anos, foi preso pelo crime de adulteração veicular e a ocorrência foi encaminhada à 3ª Delegacia de Plantão da Polícia Civil, em Parnamirim

Comentar

Polícia Civil prende homem investigado pelos crimes de estupro de vulnerável virtual, armazenamento e compartilhamento de conteúdo sexual infantil

Suspeito cometeu os referidos crimes contra uma criança de 9 anos

Redação   21/05/2024 às 10h34  

Foto: PCRN

Policiais civis da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA/Natal), deram cumprimento, nesta segunda (20), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, de 19 anos, investigado pelos crimes de estupro de vulnerável virtual, armazenamento e compartilhamento de conteúdo sexual infantil. Ele foi detido no bairro Planalto, Zona Oeste de Natal.

De acordo com as investigações, o suspeito cometeu os referidos crimes contra uma criança de apenas 9 (nove) anos.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara da Comarca de João Câmara.

A prisão faz parte da "Operação Caminhos Seguros", deflagrada em âmbito nacional para combater os crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

Operação “Black Market” prende dupla por aplicar golpes na OLX e sites de venda

A vítima só percebia ter caído no golpe após verificar o saldo de sua conta bancária

Redação   21/05/2024 às 10h30  

Policiais civis da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações de Natal/RN (DEFD/Natal) deram cumprimento, na manhã desta segunda-feira (20), a dois mandados de prisão preventiva em desfavor de membros de uma associação criminosa especializada na prática de fraude eletrônica. As prisões aconteceram no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal.

Os investigados utilizavam perfis falsos na plataforma OLX e Facebook Marketplace para negociar produtos de valor, como motocicletas e caixas de som com os vendedores usuários do site, ocasião em que combinavam a entrega do bem por parte da vítima e, para obtê-lo, criavam um comprovante de transferência falsificado.

A vítima só percebia ter caído no golpe após verificar o saldo de sua conta bancária, vindo a descobrir que nenhum valor teria sido transferido. O líder do grupo criminoso, que é multirreincidente sujeito a monitoração eletrônica, enviava outros comparsas para recolher os produtos, a fim de evitar sua identificação.

Ao todo são investigados 11 estelionatos praticados pelo grupo, ocorridos entre 2023 e o presente ano. Além das prisões, foram deferidos bloqueios nas contas bancárias dos investigados, no valor do prejuízo dos golpes. Outros dois investigados encontram-se com suas prisões preventivas decretadas, porém estão foragidos.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 6 de 630
Fechar
© 2011-2024. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título