Natal, Rio Grande do Norte, 09 de Agosto de 2022

Advogado é preso na segunda fase da "Operação Carteiras"

Operação conjunta com PM e Secretaria de Administração Penitenciária também cumpriu outros mandados de prisão na manhã desta segunda-feira (08)

Redação   08/08/2022 às 14h14   -  Atualizada em 08/08/2022 às 14h20

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou na manhã desta segunda-feira (8) a operação Carteiras 2. O objetivo foi cumprir mandado de prisão contra um advogado suspeito de integrar uma organização criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais do Estado. Além do advogado, a ação cumpriu outros quatro mandados de prisão contra detentos.

O advogado foi preso na Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A investigação do MPRN já apurou que ele, por diversas vezes trocou “catataus” (mensagens) com detentos, estabelecendo a comunicação entre os internos integrantes da organização criminosa que ainda estão nas ruas e as lideranças encarceradas.

O MPRN já ofereceu denúncia contra o advogado preso nesta segunda-feira e ele já é réu em ação penal. Na denúncia, o MPRN mostra que no dia 6 de outubro de 2021, o advogado entrou na penitenciária de Alcaçuz portando um print de conversa do aplicativo WhatsApp sobre venda de objeto ilícito. No dia 27 de novembro passado, durante atendimento a internos da mesma unidade prisional, deixou cair um papel no parlatório. Esse “catatau” tratava de comunicação dos presos com integrantes da organização criminosa.

Para o MPRN, o advogado preso se aproveitava de suas funções para driblar a fiscalização penitenciária, usando criminalmente suas prerrogativas.

Ao pedir a prisão do advogado, o MPRN reforçou que ele atua como “mensageiro do crime”, o que diuturnamente coloca em risco a ordem pública pela repetição dos atos. Na denúncia, o MPRN frisa que o advogado preso “não é mensageiro de simples faccionados, e sim de algumas lideranças mais importantes da organização criminosa, ou seja, estão atuando diretamente na gestão e manutenção da facção criminosa, que continua em plena atividade até os dias atuais. Aliás, as mensagens repassadas não são simples mensagens fraternas, mas sim missivas do crime, relacionadas a missões e logística do comércio ilícito de entorpecentes. Com efeito, conclui-se que a atuação do advogado é fundamental para a organização e manutenção do tráfico de drogas e que, através dele, criminosos condenados, dentro de estabelecimento penais, continuam a praticar crimes, mesmo sob o pálio da custódia estatal”.

A ação contou com a participação da Polícia Militar e da Secretaria da Administração Penitenciária.

Operação Carteiras

No dia 8 de julho passado, o MPRN deflagrou a operação Carteiras, que cumpriu seis mandados de prisão preventiva e outros quatro, de busca e apreensão, nas cidades de Natal, Parnamirim, Extremoz, Nísia Floresta. Os mandados foram cumpridos nas residências de advogados, em um escritório de advocacia e ainda nas penitenciárias estaduais de Alcaçuz e Rogério Coutinho Madruga. Ao todo, três advogados foram presos na ação.

Comentar

Polícia prende dupla de assaltantes após arrastão em residência na Grande Natal

Os criminosos foram cercados no bairro Planalto em Natal; o fato ocorreu na manhã desta segunda-feira (08)

Sérgio Costa   08/08/2022 às 09h52   -  Atualizada em 08/08/2022 às 09h54

Cedida

Dois homens foram presos na manhã desta segunda-feira (08), no bairro Planalto após cometerem um assalto em uma residência, em Emaús, município de Paranmirim, região da Grande Natal. Com os suspeitos a polícia encontrou jóias, bebidas, dinheiro e um carro de uma das vítimas.

De acordo com o comandante do 9° Batalhão, o Tenente Coronel Givanildo, os bandidos renderam idosos que estavam na casa e em seguida realizam o arrastão, levando o carro e pertences. O próprio comandante participou da ação que culminou na prisão dos criminosos minutos depois. Os bandidos acabaram surpreendidos no bairro Planalto, na zona Oeste de Natal.

Os suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes e autuados.

Comentar

Empresário é executado enquanto dirigia em Baraúna

Ivanildo Pinheiro de Figueiredo “Ivanildo da Agrosafra” de 64 anos estava a caminho de sua propriedade no sítio sumidouro, zona rural de Baraúna, quando foi brutalmente assassinado com um tiro de esco

Redação   07/08/2022 às 08h22   -  Atualizada em 07/08/2022 às 08h29

Foto: Reprodução

O crime aconteceu na madrugada deste sábado, 06 de agosto, na conhecida pista nova, na entrada do sítio Sumidouro, zona rural de Baraúna, Oeste do Rio Grande do Norte. A vítima, foi o empresário do ramo de agricultura irrigada, Ivanildo Pinheiro de Figueiredo, de 64 anos de idade.

Seu corpo, apresentando um ferimento na parte de trás da cabeça, foi encontrado por volta das 06 horas da manhã, dentro de seu carro, uma picarp Ford Ranger de cor vermelha.

A policia credita que o empresário percebeu a aproximação dos assassinos e quando tentava fugir, perdeu o controle do volante, desceu a pista e ainda conduziu o veículo por cerca de 100 metros, antes de ser atingido com o disparo de escopeta calibre 12 na cabeça.

A policia desconhece qualquer tipo de envolvimento do empresário com algum ilícito na região. O Delegado Teixeira Junior com a equipe de Delegacia de Plantão em Mossoró, acompanhou os procedimentos de perícia no local, realizados pela equipe de plantão no Itep em Mossoró e não descarta a possibilidade do empresário ter sido vítima de tentativa de assalto e teria sido morto ao tentar fugir dos assaltantes.

A equipe de perícia criminal identificou que o disparo foi efetuado de fora para dentro do veículo atingindo a cabeça do empresário, que não teve nenhuma chance de defesa e morreu no local. De acordo com o perito criminal Denis Orozco, o tiro quebrou o vidro lateral, do lado do motorista, atingiu a cabeça e transfixou, quebrando também, o para-brisa dianteiro. Um fragmento do cartucho da arma utilizada foi localizado dentro do veiculo.

Informações do site O CÂMERA

Comentar

Bandidos explodem posto de combustíveis no bairro Planalto

Os criminosos destruíram a sala onde fica o cofre; a ação ocorreu na madrugada deste sábado (06)

Sérgio Costa   06/08/2022 às 06h10   -  Atualizada em 06/08/2022 às 06h13

Foto: Reprodução

Cerca de oito homens fortemente armados renderam frentistas de um posto de combustíveis e explodiram parte da estrutura do prédio localizado na avenida  Engenheiro João Hélio Alves Rocha, no bairro Planalto, zona Oeste de Natal. O fato ocorreu na madrugada deste sábado (06), de acordo com a polícia os criminosos fugiram em uma caminhonete levando um valor em dinheiro ainda não divulgado.

Segundo testemunhas o bando chegou por volta das 3h e imediatamente instalou bananas de dinamites na sala onde fica o cofre. “Enquanto uns rendiam que estava na pista, outros instalava as dinamites. Eles agiram muito rápido”, afirmou um frentista que referiu não ser identificado.

Equipes da Polícia Militar do 9º Batalhão foram acionadas e do Batalhão de Operações Policias Especiais estiveram no local com o departamento antibombas. Nenhum suspeito foi preso.

 

Comentar

Vídeo: Casal sofre tentativa de assalto e relata momentos de terror

Criminosos chegaram em um carro e abordaram as vítimas que estavam do lado de fora da residência; o fato ocorreu no bairro Emaús, em Parnamirim

Sérgio Costa   05/08/2022 às 13h12   -  Atualizada em 05/08/2022 às 13h15

Foto: Reprodução

Um casal sofreu uma tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (04), na rua Aeroporto dos Navegantes, no bairro Emaús, na cidade de Parnamirim, região Metropolitana. As vítimas conversavam na frente de casa com uma mulher em um carro quando os criminosos chegaram em outro veículo e anunciaram o assalto. A dupla só desistiu por que a porta da residência fechou. Veja vídeo; 

Comentar

Operação “Temor” prende suspeitos de homicídios em Natal e Ceará-Mirim

Ainda foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão

Redação   05/08/2022 às 10h24   -  Atualizada em 05/08/2022 às 10h41

Foto: Reprodução

Policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de São Paulo do Potengi, com o apoio das 33ª, 36ª e 37ª Delegacias de Polícia (DPs de São Paulo do Potengi, Lajes, Riachuelo e Santa Maria, respectivamente), deflagraram, nesta quinta-feira (04), a 1ª fase da Operação “Temor”, nos municípios de Natal e São Pedro. O objetivo foi identificar e desarticular chefes de uma organização criminosa da região, os quais são suspeitos dos crimes de homicídio, tráfico de drogas e roubo.

Ao todo, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão: dois no bairro Felipe Camarão, na zona oeste da capital potiguar, e três no município de São Pedro; também foram cumpridos: um mandado de prisão temporária em desfavor de Kellison Guilherme da Silva, 39 anos, e um mandado de prisão preventiva em desfavor de Bianca Galdino da Silva, 39 anos, também conhecida como “Patroa”, no município de Ceará-Mirim.

Nas diligências em Felipe Camarão, foram apreendidos dispositivos eletrônicos e drogas na posse de Kellison Guilherme. Os mandados foram expedidos pela Vara Única da Comarca de São Paulo do Potengi, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). Os dois suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Comentar

Polícia Civil deflagra operação e recupera 16 celulares roubados/furtados em Natal

Todos os celulares foram devolvidos às respectivas vítimas

Redação   05/08/2022 às 09h15   -  Atualizada em 05/08/2022 às 10h38

Foto: PCRN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Natal deflagraram, ao longo desta semana, mais uma operação que resultou na recuperação de 16 aparelhos celulares com registro de roubo ou furto de lojas de revenda.

Na primeira diligência desta operação, os policiais civis conseguiram recuperar 10 telefones celulares que foram roubados de uma loja de revenda na cidade de Natal, no bairro do Alecrim.

Na segunda diligência da operação, foram recuperados três aparelhos celulares furtados de dentro de um veículo no bairro do Potengi, zona norte de Natal.

Por fim, foram recuperados mais três celulares de apurações criminais em andamento na DEFUR Natal. As investigações de todos os fatos ainda não foram cessadas para tentar identificar os autores do cometimento do delito. Na ação, os indivíduos que estavam na posse desses aparelhos foram ouvidos e poderão ainda responder pelo crime de receptação da forma dolosa ou culposa. Todos os celulares foram devolvidos às respectivas vítimas.

A Instituição ressalta a importância de, no momento da confecção do Boletim de Ocorrência (B.O.) de furto/roubo de celular, incluir os respectivos IMEI’s no documento. Bem como empreender cautela na compra de um celular usado, exigindo nota fiscal, caixa e acessórios dos aparelhos. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

PF apreende dinheiro falso e prende homem que mantinha estufa de maconha em casa

Redação   04/08/2022 às 17h58   -  Atualizada em 04/08/2022 às 18h01

Foto: PF

A Polícia Federal apreendeu na manhã desta quinta-feira, 4/8, no bairro do Alecrim, Zona Leste da capital, R$ 2.710 em notas falsas de real, e prendeu em flagrante, um estoquista de 25 anos, que mantinha em casa, mudas de maconha em uma estufa improvisada.

O fato aconteceu quando os policiais cumpriam um mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara da Justiça Federal/RN, durante ação que investigava possível transação de dinheiro falsificado remetido através do fluxo postal. Ao chegarem no endereço indicado, os policiais encontraram um total de 110 cédulas de real falsificadas, nos valores de R$ 20, 50 e 100, e se depararam com 5 mudas de maconha que estavam sendo cultivadas em um dos cômodos da residência. Na ocasião, também foram apreendidos, 2 celulares e 245 frascos da substância entorpecente conhecida como “loló”.

De imediato, o acusado recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado para autuação na sede da PF, onde na presença do seu advogado, invocou o direito constitucional de permanecer em silêncio e não responder ao que lhe foi perguntado.

O homem foi submetido a exame de corpo de delito no ITEP e se encontra custodiado na sede da PF, à disposição da Justiça.

Comentar

Caso Bruna: Conclusão do inquérito atrasa por falta de estrutura no setor de extração de dados

Demanda de todo o estado explica demora na solução de outros procedimentos investigativos

Sérgio Costa   04/08/2022 às 09h15   -  Atualizada em 04/08/2022 às 09h20

Foto: Reprodução

O setor de inteligência da Polícia Civil, responsável pela extração de dados de aparelhos celulares que são de peças de inquéritos está com uma demanda além do normal. A falta de estrutura da instituição provoca o atraso na conclusão de procedimentos investigativos de todo o Estado. Esta afirmação foi feita por uma fonte do PortalBO acompanha o caso Ana Bruna, a vendedora morta em Parnamirim no final do mês de abril.

O delegado Emerson Valente que preside o inquérito que investiga a morte de Bruna disse ao portal que os celulares apreendidos em junho ainda não foram periciados pelo setor responsável, o que o obriga a solicitar um prazo maior para concluir as investigações e remeter o inquérito a justiça. Devido a essa realidade outros procedimentos estão na mesma situação de atraso provocando apelos de urgência por parte das famílias das vítimas.

Em contato com a assessoria de comunicação da Delegacia Geral da Polícia Civil, o portal foi informado que as ações realizadas pelo setor de inteligência são mantidas em sigilo, não podem ser divulgadas as informações e características dos casos pela sensibilidade do tema.

 

Comentar

Casal é executado e criança de um ano poupada pelos criminosos em Ipanguaçu

A menina foi resgatada por motoristas que passavam pela RN 118; o fato ocorreu na tarde desta quarta-feira (03)

Sérgio Costa   04/08/2022 às 07h58   -  Atualizada em 04/08/2022 às 08h03

Cedida

Um casal foi executado com vários tiros enquanto trafegava de carro, na RN-118, no distrito de Pedrinhas, município de Ipanguaçu, distante 21 quilômetros de Natal. Uma criança de um ano, filha do casal, estava no veículo e foi amparada por motoristas que passavam pela rodovia após o ocorrido. Ela não se feriu. Ziane Araújo Batista e Adriana Rocha foram surpreendidos por atiradores que usavam escopetas e pistolas.

De acordo com a polícia, o veículo tipo Vectra, com placas de Natal, foi atingido por vários tiros, assim como o motorista e a pessoa que ocupava o banco carona. Ziane já tinha cumprido pena por tráfico de drogas e ameaça. As investigações preliminares indicam que existe ligação com a vida de crimes do motorista com o ocorrido.

A criança foi amparada por motoristas que passavam pelo local, ela estava assegurada por um cinto e uma cadeira no banco traseiro do veículo. Em condição vulnerável a menina foi levada para a cidade de Ipanguaçu onde recebeu apoio do Conselho Tutelar do município.

 

Comentar

Víde: Bandidos explodem agência do Banco do Brasil da cidade de Lagoa Nova

Morador registra o exato momento da explosão; o fato ocorreu na madrugada desta quarta-feira (03)

Sérgio Costa   03/08/2022 às 05h58   -  Atualizada em 03/08/2022 às 06h02

Foto: Reprodução

Um grupo de criminosos invadiu a cidade de Lagoa Nova distante 190 quilômetros de Natal, renderam moradores e explodiram a agência do Banco do Brasil. Um popular conseguiu registrar o exato momento da explosão. Veja video;

Comentar

PF prende na Zona Sul de Natal homem suspeito de assalto a banco na Paraíba

Prisão aconteceu no bairro de Ponta Negra

Redação   02/08/2022 às 19h33  

A Polícia Federal, por meio da Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (FT/SUSP-SEOPI/MJSP), instalada na Superintendência Regional da PF em Natal/RN e, em apoio a Força-Tarefa SUSP/PB, cumpriu na última sexta-feira, 29/7, um mandado de prisão expedido pela 3º Vara Criminal de João Pessoa/PB, contra um homem, de 33 anos, localizado em um endereço residencial em Ponta Negra, Zona Sul da capital, suspeito de envolvimento com assaltos a bancos na Paraíba.

Após passar por exame de corpo de delito no ITEP, ele foi conduzido para o Sistema Prisional do Estado, onde se encontra à disposição da Justiça.

Comentar

Lei Seca prende jovens praticando "Rolezinho" no prolongamento da Prudente

Na ação motocicletas foram apreendidas; o fato ocorreu naadrugada desta terça-feira (02)

Redação   02/08/2022 às 06h49   -  Atualizada em 02/08/2022 às 06h52

Foto: PMRN

O CPRE, por meio da *SEÇÃO LEI SECA*, realizou, no início da madrugada hoje, a detenção de 03(três) condutores que estavam praticando direção perigosa durante “rolezinho “ em Natal.

Durante blitz em Candelária, os agentes foram informados por populares que um grupo a bordo de motocicletas estaria realizando manobras perigosas, em alta velocidade, no prolongamento da Av. Prudente de Morais, ocasião em que ao se deslocar ao local , os militares foram surpreendidos com a fuga em massa dos jovens .

Após acompanhamento e cerco, 03 (três) deles ,sendo um adolescente de apenas 16( dezesseis ) anos foram interceptados. A motocicleta do menor estava inclusive com a placa coberta por sacos, inviabilizando qualquer identificação.

Todos os infratores foram conduzidos à Central de Flagrantes para os procedimentos criminais cabíveis. Já os veículos foram removidos ao depósito.

Comentar

Bandidos explodem caixa eletrônico na rodoviária de São José de Campestre

Uma pessoa foi baleada durante a ação que ocorreu na madrugada deste domingo (31)

Sérgio Costa   31/07/2022 às 05h16   -  Atualizada em 31/07/2022 às 08h52

Cedida

Cerca de seis homens armados invadiram a cidade de São José de Campestre, distante 111 quilômetros de Natal e explodiram um caixa eletrônico que estava instalado na rodoviária do município. Uma pessoa que estava próxima ao local foi baleada pelos bandidos que atiraram diversas vezes durante a ação.

De acordo com o policiamento local os criminosos chegaram em um veículo tipo caminhonete e agiram rapidamente usando dinamites. A explosão assustou os moradores e pessoas que participavam de uma festa no mesmo quarteirão onde ocorreu o crime. Os assaltantes fugiram sem levar o dinheiro, já a vítima do tiro foi socorrida para a unidade hospitalar da cidade.

 

Comentar

Sargento da polícia é baleado e a esposa assassinada durante tentativa de assalto em Cumurupim

Os criminosos invadiram a residência no início da madrugada deste domingo (31); diligências estão sendo realizadas em toda a região.

Sérgio Costa   31/07/2022 às 05h05   -  Atualizada em 31/07/2022 às 06h53

Foto: Reprodução

Um Sargento da Polícia Militar, que terá a identidade preservada, foi baleado durante uma tentativa de assalto em uma residência na praia de Cumurupim, município de Nísia Floresta, a mulher dele, identificada como Roseli Dantas de Carvalho também foi atingida pelos tiros e não resistiu aos ferimentos. De acordo com a polícia local o fato ocorreu por volta de 1h da madrugada deste domingo (31), o policial que é lotado no CIOPAR estava na casa com a família quando três homens chegaram a pé e anunciaram o assalto.

Ainda segundo informações preliminares repassadas pela equipe que atendeu a ocorrência, o PM reagiu a ação dos criminosos e houve uma troca de tiros. Foi neste momento que o casal acabou atingido, o policial no ombro e no tórax e a esposa dele nas costas e no braço, chegando a óbito no local.

Os assaltantes fugiram pulando o muro da casa e ainda não foram localizados pelas guarnições que realizam diligências em toda a área. O policial militar foi socorrido para a unidade de saúde da praia de Pirangi e em seguida para o pronto socorro Clóvis Sarinho, no bairro Tirol, em Natal. Ele não corre risco de morte.

 

Comentar

1X0 para o crime: Bandidos fazem arrastão em campo society na Grande Natal

Cerca de vinte pessoas tiveram pertences levados pelos criminosos, que fugiram em dois carros das vítimas; o fato ocorreu na noite desta sexta-feira (29)

Sérgio Costa   30/07/2022 às 07h36   -  Atualizada em 30/07/2022 às 07h41

Foto: Reprodução

Dois homens armados invadiram um campo Society, na noite desta sexta-feira (29), nas margens da RN-160, na cidade de São Gonçalo do Amarante e realizaram um arrastão, roubando pertences pessoais das pessoas que estavam no local, após rendê-las. A dupla fugiu levando dois carros das vítimas. De acordo com informações da polícia, o grupo assaltado participava de uma partida de futebol quando foi surpreendido pelos criminosos que chegaram a pé. Eram cerca de 20 pessoas que estavam no local.

Testemunhas afirmaram que todos foram obrigados a deitar no chão e entregar carteiras de cédulas, dinheiro, chaves dos carros, alianças e mochilas. Na fuga, os assaltantes usaram dois veículos de duas das vítimas e seguiram em direção a estrada do aeroporto Aluísio Alves. Diligências foram realizadas, porém nenhum suspeito foi preso.

 

 

Comentar

Suspeito de estuprar criança de 10 anos em banheiro de shopping de Natal é preso

Polícia Civil orienta as pessoas que foram vítimas do suspeito e o reconhecerem, a comparecerem na DPCA

Redação   29/07/2022 às 21h18   -  Atualizada em 29/07/2022 às 21h21

Foto: PCRN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN), por meio da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA), com apoio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) da zona sul, prendeu, na noite desta sexta-feira (29), Luiz Augusto Cavalcante Vale, 42 anos, suspeito de ter praticado o crime de estupro de vulnerável num shopping da zona sul da capital.

A ação criminosa aconteceu em um sábado, dia 09 deste mês, por volta das 18h30min, consistindo no ato do suspeito obrigar um menino de 10 anos a praticar atos sexuais com ele no interior de um banheiro do shopping.

Em menos de 24 horas após a divulgação das imagens do suspeito pela imprensa, a Polícia Civil identificou e representou pela prisão preventiva de Luiz Augusto, que foi deferida pelo juízo plantonista.

De posse do mandado judicial, os policiais civis localizaram o suspeito adentrando um estabelecimento bancário, no bairro de Lagoa Nova, momento em que lhe foi dada voz de prisão.

O suspeito foi conduzido à delegacia especializada e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil orienta as pessoas que foram vítimas do suspeito e o reconhecerem, a comparecerem na DPCA, para as providências cabíveis, bem como solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Comentar

Policiais do RN e RJ prendem natalense suspeito de “rachar” facção criminosa

Operação foi realizada nesta quinta-feira (28) no Rio de Janeiro

Redação   28/07/2022 às 19h38  

Policiais civis da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado do Rio Grande do Norte (DEICOR), em operação integrada à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e à Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ), prenderam nesta quinta-feira (28) Anderson Mendonça da Silva, de 38 anos, mais conhecido como “Sansinho”. Ele, natural de Natal, é investigado por integrar uma organização criminosa atuante no RN, sendo apontado como o principal responsável pela divisão desta organização, tendo em vista a criação de outra no estado.

Anderson Mendonça morou no Rio de Janeiro em um condomínio de luxo no bairro Recreio dos Bandeirantes, área nobre da cidade. Porém, com a prisão de “Siê de Mãe Luíza”, realizada pelos policiais da DEICOR, em agosto de 2021, ele se mudou para uma área controlada por milícias em Campo Grande, também no RJ com o intuito de dificultar a sua prisão. No entanto, os investigadores da DEICOR repassaram informações para equipes do Rio, que efetuaram a prisão de “Sansinho” durante uma operação policial.

Essa é mais uma ação integrada à operação HÓRUS do programa Guardiões da Fronteira, da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP).

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 e/ou (84) 98135-6796 (WhatsApp).

Comentar

PF cumpre mandado de busca contra suspeito de se passar por delegado federal em Mossoró

Investigação teve início no mês de maio deste ano, quando uma mulher procurou a PF

Redação   28/07/2022 às 09h46  

Foto: PF

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 28/7, com apoio da Força-Tarefa de Segurança Pública de Mossoró/RN, a Operação Dublê objetivando colher provas para instruir inquérito policial que investiga um homem que estaria se passando por Delegado da PF na cidade de Mossoró.

Os policiais estão cumprindo um mandado de busca e apreensão expedido pela 10ª Vara da Justiça Federal/RN, em um endereço residencial no bairro Aeroporto.

A investigação teve início no mês de maio deste ano quando uma mulher procurou a Delegacia da Polícia Federal em Mossoró para relatar que estaria sendo assediada por uma pessoa que teria se identificado como delegado da PF e que teria enviado credenciais de membro da instituição, após suposta interação ocorrida em um aplicativo de relacionamento.

Os sucessivos e insistentes contatos tornavam explícitos o interesse do suposto autor em realizar condutas de natureza libidinosa. O investigado, um homem de 29 anos, responde a dois processos pela prática de crimes previstos no Estatuto do Desarmamento em Mossoró/RN.

O investigado está sendo intimado, também, a cumprir medidas cautelares diversas de prisão, entre elas de não manter contato com a vítima por qualquer meio.

Os elementos obtidos na investigação evidenciaram indícios da suposta prática dos crimes de falsa identidade (art. 307 do Código Penal – CP), receptação (art. 180 do CP), posse irregular de arma de fogo (art. 12 da Lei nº 10.826/2003) e stalking (art. 147-A do CP).

Comentar

Polícia Civil prende suspeito por tentativa de homicídio em Parnamirim

Redação   28/07/2022 às 09h17   -  Atualizada em 28/07/2022 às 09h22

Foto: Reprodução

Policiais civis da 17ª Delegacia de Polícia (DP) de Parnamirim deram cumprimento, nesta quarta-feira (27), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Laurimar Jaques Ferreira de Azevedo, 40 anos. Ele foi detido pela suspeita da prática do crime de tentativa de homicídio. O mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnamirim, pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN).

Segundo as investigações, no dia 12 deste mês, Laurimar Jaques teria tentado matar a vítima com disparos de arma de fogo, logo após uma discussão que girava em torno de uma suposta dívida referente a uma negociação realizada entre eles sobre a compra e venda de um veículo.

Ele foi conduzido até a 17ª DP de Parnamirim e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número: (84) 98127-9768 (WhatsApp).

 

Comentar
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 < Anterior 1 de 572
Fechar
© 2011-2022. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título