Natal, Rio Grande do Norte, 26 de Maio de 2022

Governo do RN solicita apoio das Forças Armadas para onda de violência no Estado

Robinson Faria anunciou que pediu reforço ao Governo Federal.

Redação   31/07/2016 às 14h17   -  Atualizada em 01/09/2017 às 09h40

 O governador Robinson Faria anunciou, neste domingo (31), que solicitou reforço das Forças Armadas para apoio nas ações de combate aos recentes atentados criminosos no Rio Grande do Norte. Ele informou, através das redes sociais, que pediu ajuda ao Ministério da Justiça e a Casa Civil do Governo Federal.

"Solicitei apoio das tropas do Exército para se somarem às nossas destemidas polícias no trabalho para garantir a segurança da população. Desde ontem tenho mantido contato com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, com o ministro da Defesa, Raul Jungman e com a direção nacional da Polícia Federal. Aqui, todas as forças de segurança permanecem em total atenção para retomarmos a normalidade. Estou no aguardo da liberação das tropas pela presidência da República", publicou Robinson Faria.

Desde sexta-feira a tarde, vários atentados contra transportes coletivos e prédios públicos têm sido registrados em Natal e também no interior. Neste sábado, até mesmo o prédio onde funciona a Delegacia Geral da Polícia Civil foi atacado e alvo de incêndio. Vários carros apreendidos foram queimados no pátio.

O acesso ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante também alvo de bandidos, que fecharam o trecho por alguns minutos. De acordo com a Secretaria de Segurança e Defesa Social, pelo menos 50 pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento na onda de ataques, desde a sexta-feira.

Neste domingo, de acordo com Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município (Seturn), nenhum ônibus saiu das garagens.

© 2011-2022. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título