Natal, Rio Grande do Norte, 07 de Maio de 2021

Onda de assassinatos de policiais assombra o RN

Na tarde desta terça-feira (13), o Cabo Gustavo Pinheiro foi morto durante assalto na zona Sul de Natal; Está foi a terceira morte seis dias

Sérgio Costa   14/04/2021 às 10h18  

Foto: Reprodução

Nos últimos seis dias os potiguares testemunharam cenas e histórias violentas envolvendo servidores da Segurança Pública. Em três casos, policiais foram mortos covardemente por bandidos que quando descobriram que se tratavam de agentes da segurança atiraram para matar.

O Cabo Marcolino em Mossoró, o Policial Civil da Paraíba Cléverson e o Cabo Gustavo que na noite desta terça-feira (13) foi surpreendido por um criminoso no interior de uma loja de celulares na zona Sul. Além deles outros dois PMs sofreram tiros durante assaltos ocorridos em Natal. Quem acompanha essa onda sangrenta de violência contra policiais faz uma perfunta: será que foi decretada a morte desses servidores pelas facções criminosas que insistem em alimentar o poder de armamento?

Para o comandante da Polícia Militar, o Coronel Alarico Azevedo, esses acontecimentos podem não ter relação com o fato das vítimas serem policiais. "Todos os policiais que foram alvos desses criminosos, ao nosso entender, não estavam marcados para morrer, possuíam a condição de um cidadão comum e acabaram surpreendidos. Nossos esforços estão sendo contínuos para não permitir acontecimentos que vimos nos últimos dias não ocorram mais", disse.

O comandante ainda ressaltou que o núcleo de investigação dedicado a investigação de crimes contra servidores da Segurança Pública, que pertence a DHPP vai investigar esses casos com critério.

Encontre-nos no Facebook
Fechar
© 2011-2021. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título