Natal, Rio Grande do Norte, 22 de Setembro de 2021

Família de motorista baleado e preso diz que ele é inocente

José Hellyton e mais quatro homens estavam em um carro que acabou sendo alvo de uma perseguição na segunda-feira (19); A policia afirma que os suspeitos atiraram durante a ação.

Sérgio Costa   23/07/2021 às 05h33   -  Atualizada em 23/07/2021 às 05h37

Cedida

Familiares do motorista por aplicativo José Hellyton da Silva Carlos, de 29 anos afirmam que o morador de Parnamirim é inocente. José foi baleado e preso durante uma perseguição policial, na noite da segunda-feira (19), após bandidos roubarem o carro dele e obriga-lo a acompanhar o bando em outros assaltos na zona Sul. A Polícia Militar foi acionada por uma das vítimas e realizou uma busca que culminou em uma troca de tiros na avenida Amintas Barros. José Hellyton foi atingido por um tiro nas costas, assim como um dos assaltantes, todos acabaram presos.

Tuíza Silva, esposa do motorista relatou que o marido nunca se envolveu em atividades criminosas e que é uma injustiça o fato do marido está preso. “Está sendo um sofrimento para toda a família deste a segunda-feira, a gente não pode nem visitá-lo porque ele está no setor dos presos, baleado e algemado. Queremos que a justiça seja rápida para tirar meu esposo disso”, disse.

Um advogado já foi instituído pelos familiares de José afim de tornar mais célere a apresentação de provas a favor do motorista. O tiro que atingiu José perfurou o pulmão e por isso ele deverá permanecer no Walfredo Gurgel até receber alta.

 

Encontre-nos no Facebook
Fechar
© 2011-2021. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título