Natal, Rio Grande do Norte, 24 de Fevereiro de 2017

"Políticas precisam ter foco nos trabalhadores e na sociedade", afirma Cabo Jeoás

Policial militar que exerceu cargo de vereador fala sobre a segurança.

Redação   06/03/2016 às 11h24   -  Atualizada em 06/03/2016 às 20h15

O Cabo Jeoás, conhecido por atuação política dentro da Polícia Militar, liderando movimentos dos policiais, no ano passado e início de 2016 ocupou uma vaga de vereador de Natal. Com atuação voltada para a segurança pública, ele concedeu entrevista ao Portal BO sobre esse período como parlamentar e, claro, sobre a própria segurança pública do Rio Grande do Norte.

Portal BO - Qual a avaliação que você faz desse período em que esteve no cargo de vereador?
Cabo Jeoás -
Nós passamos um ano na Câmara e a avaliação é extremamente positiva, nós pudemos imprimir na Câmara Municipal um debate importante sobre segurança pública, onde mostramos qual o papel do Município na segurança. Envolvemos a sociedade nesse debate, subsidiando as reivindicações junto ao executivo municipal, além de buscarmos maior interação entre o Estado, Município e União. O nosso mandato também teve um importância para minha categoria profissional, Policia Militar, viramos uma pagina, mostrando que um vereador pode fazer muito pela categoria e principalmente ser uma ferramenta de articulação politica junto aos poderes executivos e legislativos, como a assembleia, e nesse aspecto nós tivemos uma atuação bastante intensa.

 
Cabo Jeoás em conversa com policiais.
 

Portal BO - Como foi a interação entre o mandato do vereador Cabo Jeoás e os operadores da segurança pública?
Cabo Jeoás -
Nosso mandato foi voltado para a Segurança pública e comprometido com a nossa categoria profissional, nossa base eleitoral que é a Policia e Bombeiro Militar, assim como todos os profissionais de segurança pública. Durante o mandato nós tivemos uma interação muito acentuada com a categoria, estivemos sempre presente nas mobilizações, articulando junto ao Governo os pleitos da categoria, participamos de todas as assembleias, todas as mesas de negociação, visitamos os batalhões e unidades policiais, ouvindo a categoria e levando as demandas ao Comando Geral da PM E BM , a Secretária de Segurança e ao próprio Governo. Criamos o gabinete itinerante, para estar junto da população e dos profissionais, semanalmente estávamos em uma unidade policial e bairro da cidade, buscando estreitar os laços e estar sempre próximo.

Portal BO - Como um vereador pode e deve ajudar a sociedade a obter melhorias na segurança pública?
Cabo Jeoás -
O Vereador é um legislador Municipal e fiscalizador do executivo, essas são as principais responsabilidades, e cumprindo essas responsabilidades o vereador pode sim atuar na segurança pública, como nós fizemos, propondo legislações ligadas à temática, destinando emendas para o setor, discutindo esses problemas juntamente com a população, fiscalizando o executivo, levando propostas e ajudando na gestão. Esperamos que essa marca fique na Câmara, da segurança pública. Porque segurança não é só questão de policia, é uma questão social que envolve desde a educação, politicas de combate ao consumo de drogas, de assistência, a manutenção da iluminação e limpeza, segurança é uma questão ampla e a prefeitura pode fazer muito através dos serviços públicos.

 
 

Portal BO - Na sua avaliação, as políticas públicas para o enfrentamento a criminalidade são falhas?
Cabo Jeoás -
Não acredito que nenhum gestor busque errar, todo gestor público procura acertar e dar a resposta que a sociedade precisa, e na segurança pública não é diferente, acredito que todos os gestores estão buscando oferecer um serviço adequado. Mas, no nosso entendimento há algumas iniciativas que podem melhorar muito o processo, porque o mais interessado em segurança pública é a sociedade e muitas vezes ela não é chamada a discutir o tema, por a gestão entender que quem entende do assunto são os técnicos de segurança, mas na verdade a população é quem sente na pele os problemas, as politicas precisam ser melhoradas no sentido de chamar a sociedade e os trabalhadores da segurança para participar, é preciso um plano estratégico e integrado com todas as instituições de segurança, central de informações e inteligência, criar um fundo de financiamento para segurança, criação de um conselho de segurança pública para controle social, as politicas precisam melhorar com foco nos trabalhadores e na sociedade.

Portal BO - Agora, você vai retornar ao trabalho como PM ou pretende continuar na política?
Cabo Jeoás -
Ao assumir um mandato eletivo, mesmo na condição de suplente, devido à legislação em vigor, nós Militares vamos imediatamente para reserva remunerada, não é possível o retorno à atividade policial. De fato nós pretendemos dar continuidade ao nosso trabalho de representação politica, colocando o nosso nome a disposição da categoria e caso haja uma avaliação positiva do nosso mandato, esperamos poder continuar esse trabalho. Também fazemos parte do Fórum de Vereadores e Políticos Policiais Militares e almejamos a ampliação e fortalecimento da categoria em todos os âmbitos.

Fechar
© 2011-2017. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título