Natal, Rio Grande do Norte, 13 de Dezembro de 2017

Polícia soluciona morte de Micaela

Vigilantes assumiram que efetuaram os disparos

Sérgio Costa   04/12/2017 às 14h30   -  Atualizada em 04/12/2017 às 14h52

cedida

A Polícia Civil solucionou a morte da publicitária e empresária Micaela Ferreira e do assaltante Wallisson Monte. Ambos foram mortos por tiros disparados de espinguarda calibre 12 e revólver calibre 38. As armas pertenciam aos vigilantes do carro-forte. " Os vigilantes assumiram os tiros. Um deles estava dentro do carro- forte quando efetuou os disparos", detalha o delegado Fábio Fernandes.

Ainda segundo Fábio, no próprio depoimento os dois contaram que atiraram. O objetivo era atingir o bandido, mas Micaela também foi baleada. Diante dos fatos, os dois vigilantes foram indiciados e continuam em liberdade. "Eles não devem ser presos. A prisão talvez ocorra quando for dada a sentença, porém, isso depende da justiça", explica o delegado.

Relembre o caso

Tarde de 13 de julho, em um shopping localizado entre as esquinas da Avenida Ayrton Senna e Abel Cabral, em Nova Parnamirim. Bandidos fortemente armados tinham o objetivo de roubar o dinheiro do carro-forte que iria abastecer um caixa eletrônico. Os criminosos entraram na barbearia de propriedade de Micaela e a fizeram de refém.

Na tentativa de evitar o roubo ao carro-forte os vigilantes atiraram. Micaela e um dos assaltantes foram atingidos e morreram na hora. O roubo não foi consumado. De lá para cá, a dúvida era de quem tinha atirado contra Micaela. As investigações foram realizadas pela 2°DP de Parnamirim e pela Deicor.

Encontre-nos no Facebook
Fechar
© 2011-2017. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título