Natal, Rio Grande do Norte, 24 de Fevereiro de 2017

Polícia Civil apresenta resultado da Operação Dolly

No total, 15 pessoas foram presas por envolvimento em roubos de carros no RN e PB.

Redação   14/10/2011 às 18h56   -  Atualizada em 10/02/2015 às 02h08

Foto: Divulgação/ Degepol

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte com o apoio da Polícia Civil da Paraíba deflagrou desde as primeiras horas dessa sexta-feira (14) uma operação com o objetivo de prender quadrilhas interestaduais especializada em roubo e clonagem de veículos. Até o momento foram presas 15 pessoas e apreendidas 13 armas de fogo e 16 veículos, além de documentos falsificados.

A ação, batizada de “Dolly” em alusão à ovelha clonada, acontece nas cidades de Natal, Parnamirim, Nísia Floresta, Alto do Rogrigues, Santa Cruz, Tenente Laurentino, além de municípios paraibanos de Cuité, Barra de Santa Rosa, Araruna, Cacimba de Dentro e Nova Floresta. O trabalho é fruto de uma investigação realizada pela Divisão Especializada em Investigações e Combate ao Crime Organizado (Deicor), comandada pelo delegado Normando Feitosa. Ao todo foram cumpridos 11 mandados de prisão e de 15 de busca e apreensão.

Por mandados de prisão foram presos: José Maurício da Silva (Parnamirim- RN), Juvinil Felix Paulino, vulgo “Nil” (Cacimba da Dentro - PB), Antônio Cunha Bezerra da Costa, vulgo “Biboca” (Tenente Laurentino - RN), Sérgio de Farias Nóbrega (Nísia Floresta - RN), João Alves da Nóbrega, vulgo “João do Alto (Alto do Rodrigues - RN), um homem chamado por “Gago” (Cacimba de Dentro - PB), José João de Sousa, vulgo “Zé Beleco” (Nova Floresta - PB), Otacílio Junior (Santa Cruz - RN), Francisco Canidé da Silva (Nova Floresta - PB), João Gonzaga Damasceno (Natal - RN) e um homem que atende apenas por Cristiano (Natal - RN).


 

Além disso, foram autuados em flagrante por posse de arma Antônio Edilson Araújo Santos e Auristécio Paulino Fernandes em Alto do Rodrigues (RN), João Batista Neto em Picuí e um homem conhecido apenas por “Rafael” em Nísia Floresta (RN). A operação conta com a participação de 75 policiais entre delegados, agentes e escrivães, sendo 15 deles da Paraíba. A ação é coordenada pelo delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros. A maior parte dos presos foi autuada por receptação. 

*Fonte: Degepol

Fechar
© 2011-2017. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título