Queima de Arquivo

Natal, Rio Grande do Norte, 20 de Outubro de 2017

O silêncio quebrado que a polícia agradece

Sérgio Costa   06/03/2015 às 11h12   -  Atualizada em 15/08/2017 às 23h14

Foto: Rosimeire Lago

Os mais experientes investigadores sempre dizem que local de crime fala, os detalhes em uma cena de homicídio, até mesmo o corpo da vítima podem revelar a face do assassino. É bem verdade, afinal ouvi isso pela primeira vez do velho xerife e as opiniões policiais de Maurílio eu escuto, aceito e calo.

No dia-dia, nas andanças em busca da notícia, facilmente encontro personagens que me despertam admiração, pelo compromisso que eles tem com o ofício e a atitude abnegada de tentar ali mesmo, solucionar o caso. A maioria até ensaia, no entanto se depara com um fantasma que não assusta nem de longe David Caruso, o ator principal do seriado “CSI Miami”, a total e negligenciada ausência de estrutura técnica, material e pessoal. Repito, a nossa equipe da vida real só não faz mais por que não pode.

Essa realidade está provocando um efeito que vem acelerando a conclusão de alguns casos de homicídios na capital, a denúncia de testemunhas que desafiam o medo e quebram o silêncio que polícia agradece. A informação vem chegando aos birôs dos investigadores por vias diversas, muitas isentando seguramente quem conta o que viu.

Em minha opinião, todo e qualquer canal que possibilite o combate ao crime e a impunidade é importante e válido. Ligar 181, disk denúncia, ou 190, (Ciosp), Centro Integrado de operações de Segurança Pública, deve ser uma atitude comum de cada cidadão, que na maioria das vezes se cala coagidamente e por medo nega a verdade reconhecidamente arriscada.
 

Fechar
© 2011-2017. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título