Natal, Rio Grande do Norte, 26 de Maio de 2019

Mulher mata o próprio pai com veneno de carrapato em hospital de Natal

Ela disse que tomou a medida para acabar com o sofrimento da vítima que estava internada por complicações do HIV

Tales Lobo   16/01/2019 às 10h20  

Uma mulher foi presa na tarde da última terça-feira (15) sob suspeita de ter matado o próprio pai com uma injeção de veneno. Isso aconteceu dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Giselda Trigueiro, na Zona Oeste de Natal. A suspeita, identificada como Fernanda Danyele de Oliveira Rocha de 27 anos, alegou ter tomado tal atitude para “aliviar a dor” do pai, José Evangelista da Rocha, 60 anos, que era portador de HIV e sofria com o agravamento da doença.  

De acordo com os investigadores do caso, Fernanda foi visitar o pai por volta das 11h, e pouco tempo depois de ter entrado chamou a equipe médica, dizendo ele estava passando mal. Os profissionais que atenderam a vítima suspeitaram que havia algo errado por conta do comportamento da mulher e de um forte cheiro semelhante ao de querosene no quarto. Mais tarde duas seringas e um frasco foram encontrados no lixo, o que confirmou a suspeita da equipe médica que acionou a polícia. Segundo o próprio hospital, a substância usada foi um veneno para matar carrapatos.

Confira mais detalhes da investigação no vídeo:

 

 

Encontre-nos no Facebook
Fechar
© 2011-2019. Portal BO - O 1º Portal Policial do RN - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Título